jusbrasil.com.br
23 de Janeiro de 2022
    Adicione tópicos

    30 de julho é Dia Mundial de Enfrentamento ao tráfico de pessoas

    "Vestindo" o Coração Azul, você ajuda a conscientizar sobre o tráfico de pessoas e adere à campanha para lutar contra esse crime

    O primeiro Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas é marcado por mobilização nacional pelo enfrentamento ao tráfico de pessoas, através da campanha Coração Azul, coordenada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pelo governo federal. A data foi aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em novembro do ano passado. Ações de conscientização estão sendo realizadas durante toda esta semana pela Secretaria Nacional de Justiça, do Ministério da Justiça, em conjunto com a rede de Núcleos de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Postos Avançados de Atendimento Humanizado ao Migrante, Comitês Sociais do Coração Azul e organizações do Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (Conatrap). Os objetivos da campanha são: ampliar o conhecimento e mobilização da sociedade, das instituições públicas e privadas, e das redes para o enfrentamento ao tráfico de pessoas para o reconhecimento do fenômeno; ampliar a participação da sociedade civil e indivíduos; dar visibilidade às ações desenvolvidas pela rede para o enfrentamento ao tráfico de pessoas; disseminar o tema nas redes sociais; e, finalmente, fazer com que a Campanha Coração Azul seja vista como uma plataforma global para a prevenção e enfrentamento ao tráfico de pessoas, com foco na comunicação e informação. O Ministério da Justiça divulgou, nesta segunda-feira (28), o segundo relatório nacional sobre o tráfico de pessoas no Brasil, com informações consolidadas do ano de 2012 de diversos órgãos de atenção, segurança pública e justiça criminal. A Polícia Rodoviária Federal, por exemplo, detectou em suas operações 547 vítimas de tráfico de pessoas para exploração sexual e trabalho escravo. As denúncias sobre tráfico de pessoas podem ser feitas pelo disque 100 e 180, números disponibilizados gratuitamente pelo Ministério da Justiça e Secretaria Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres. O Coração Azul - Este é o símbolo da campanha mundial contra o tráfico de pessoas, coordenada do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). Desde que a campanha foi lançada, há um ano, a Secretaria Nacional de Justiça realizou uma série de eventos, palestras, seminários e oficinas levando a temática para debate em diversos estados e municípios brasileiros. Para demonstrar apoio às vítimas e promover a conscientização sobre o crime no 1º Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, a campanha está convocando pessoas do mundo inteiro a postar uma foto nas redes sociais fazendo um coração com as mãos e a usar as hashtags #igivehope e #coraçãoazul. Diversos monumentos e locais , como o Cristo Redentor e o Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, estão iluminados na cor azul. Em Belo Horizonte, o obelisco da Praça Sete e o Edifício Bemge. Em Fortaleza, o prédio iluminado será o da Procuradoria Federal do Ministério Público. Em Minas Gerais, o Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Secretaria de Estado de Defesa Social vai promover o Cineclube e Roda de Conversa sobre tráfico de pessoas e Direitos Humanos. Será nesta quinta-feira, dia 31, de 14h30 às 17 horas, no Centro Universitário Metodista Izabela Hendriz, em Belo Horizonte. A ação faz parte da Semana de Mobilização Nacional.

    Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas em http://www.unodc.org/blueheart/pt/about-us.html

    O relatório do Ministério da Justiça e a programação da semana de mobilização você acessa aqui: http://www.justiça.gov.br/noticias/relatorio-mostra-avancos-na-luta-contraotrafico-de-pessoas

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)